José Luís Porfírio

 
José Luis Porfírio (n. 1943) Estudou História na Faculdade de Letras de Lisboa (1961/67). Ainda estudante, iniciou-se na crítica de arte, o que lhe valeu o apoio de José-Augusto França para uma bolsa de estudo da Fundação Calouste Gulbenkian na Sorbonne, em Paris, que frequentou em 1967/68. Foi em Paris que, por intermédio de Pedro Morais, conheceu António Dacosta, não por certo como pintor, mas como um admirável companheiro e amigo mais velho, e um comentador tão discreto quanto certeiro da obra alheia, já que da sua nada queria dizer. Em 1968/70 tira o Curso de Conservador de Museus no Museu Nacional de Arte Antiga onde virá a trabalhar entre 1973 e 2004, tendo assumido a sua direção em 1996. Em 1972 inicia um percurso de crítico de arte profissional no Diário de Lisboa, atividade que ainda hoje mantém no semanário Expresso.