Colectivas

Portuguese Art Since 1910

The Diploma Galleries, Royal Academy of Arts
Londres, Inglaterra
02 setembro - 01 outubro 1978

Primeira exposição de arte moderna portuguesa no Reino Unido, realizada pela Royal Academy of Arts com o apoio da Anglo-Portuguese Society e da Fundação Calouste Gulbenkian. Os artistas representados na exposição estavam agrupados em três gerações e três movimentos (Futurismo, Abstracionismo e Surrealismo), ordenados por ordem cronológica.
  1. Futurismo (1910/18). Santa Rita, Amadeo de Souza Cardoso
  2. A Primeira Geração (artistas nascidos entre 1881/1900). Eduardo Viana, Almada Negreiros, Mário Eloy, Carlos Botelho (Santa Rita, Amadeo de Souza Cardoso)
  3. Abstracionismo (1935/1978). Vieira da Silva, Fernando Lanhas, D’Assumpção, Ângelo de Sousa
  4. A Segunda Geração (artistas nascidos entre 1908/1925). Hogan, Júlio Resende, Júlio Pomar (António Dacosta, Fernando de Azevedo, Vespeira, Cruzeiro Seixas, Vieira da Silva, Fernando Lanhas)
  5. Surrealismo (1947/1978). António Dacosta, Fernando de Azevedo, Vespeira, Cruzeiro Seixas
  6. A Terceira Geração (artistas nascidos entre 1926/1943). Menez, Paula Rego, Costa Pinheiro, Bartolomeu dos Santos, Ana Hatherly, Lourdes de Castro, João Cutileiro, Noronha da Costa, Eduardo Batarda (D’Assumpção, Ângelo de Sousa)
Exposição com catálogo publicado.


Lista de Obras