Colectivas

Arte Portugués. Pintura y Escultura del Naturalismo a Nuestros Dias

Casón del Buen Retiro
Madrid, Espanha
abril - maio 1968

Última itinerância da exposição coletiva comissariada por Fernando de Azevedo e organizada pelos Srs. D. Gratiniano Nieto Gallo (Diretor Geral de Belas Artes) e Sr. D. António Poch y Gutiérrez de Caviedes (Delegado Especial do Ministério de Assuntos Exteriores para as Relações Culturais) e pela Fundação Calouste Gulbenkian em colaboração com o Secretariado Nacional de Informação de Portugal, entre abril e maio de 1968.
Em 1967, esta exposição esteve patente no Paleis voor Schone Kunsten em Bruxelas (Bélgica) e, no início de 1968, no Centre Culturel de la Fondation Calouste Gulbenkian em Paris (França).
 
Exopsição com catálogo publicado.


Lista de Obras